DestaqueSociedade

Última Hora (País). 19 pessoas morreram em incêndio florestal em Pedrogão Grande

Dezanove pessoas morreram hoje no incêndio que deflagrou durante a tarde no concelho de Pedrógrão Grande, disse o secretário de Estado da Administração Interna, João Gomes.

“Neste momento temos confirmação de 19 vítimas mortais. Todos civis. Três da quais na via pública por inalação fumos e 16 dentro das viaturas que ficaram queimadas pelo fogo na estrada que liga Figueiró dos Vinhos a Castanheira de Pera”, indicou o secretário de Estado da Administração Interna.

Já durante a tarde os sinais de alerta eram evidentes com casas ardidas, “alguns feridos” e localidades sem luz.

“Temos localidades e lugares sem luz, bem como a vila”, afirmou o presidente da câmara de Figueiró dos Vinhos, Jorge Abreu, acrescentando que o centro de saúde está a funcionar com geradores.

De acordo com o autarca, há casas ardidas e alguns feridos estão a receber assistência no centro de saúde.

“Nunca vi uma situação assim, é muito preocupante, não estamos a conseguir chegar a todo o lado”, disse Jorge Abreu.

O presidente da câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, disse que também arderam várias casas no concelho, nomeadamente em Valongo, Adega e Otão.

O incêndio deflagrou pelas 14:00 nos Escalos Fundeiros, no norte do distrito, e obrigou ao corte do IC8, bastante a sul daquela ignição, isolou aldeias e levou mesmo alguns habitantes a abandonar as suas casas por precaução.

A ausência de eletricidade e de comunicações está a preocupar a população, que vê o vento forte a tornar-se adversário no combate às chamas.

comentários