DestaqueEconomiaEmpregoSociedade

Emprego. “Start Point” com 400 vagas de trabalho

Cerca de 400 empregos e estágios vão ser oferecidos esta terça-feira, dia 2, na Universidade do Minho, em Guimarães. As propostas chegam de 30 entidades, como a Bosch, EDP, Continental Mabor ou Delphi, inserindo-se na iniciativa “Start Point – Feira de Emprego e Empreendedorismo”, que decorre das 9h30 às 18h00 na nave principal do campus de Azurém. O evento tem entrada gratuita e é coordenado pelo Liftoff – Gabinete do Empreendedor da Associação Académica da UMinho (AAUM).

A sessão de abertura é às 9:30 horas, com as intervenções previstas do reitor António Cunha, do presidente da AAUM, Bruno Alcaide, e do presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança.

Esta sétima edição da “Start Point” inclui múltiplas atividades, como formações, apoio técnico, orientação e desenvolvimento profissional, workshops e talks. Por exemplo, nos auditórios B1.10 e B1.13 há ao longo do dia sessões sobre como conseguir emprego, empreendedorismo, mercado de trabalho ou oportunidades além-fronteiras. Será ainda possível conhecer melhor a bolsa de emprego da UMinho, que conta neste momento com aproximadamente 300 ofertas disponíveis para estudantes e diplomados da academia.

A “Start Point” visa propiciar o contato de jovens e adultos com o mercado, através de oportunidades profissionais, do desenvolvimento de competências e do networking dos participantes, orientando-os no seu futuro. Tem como público-alvo os (ex-)estudantes, investigadores e professores, bem como recém-diplomados e empreendedores. A AAUM disponibiliza transporte para a comunidade académica entre os campi de Braga e Guimarães.

comentários