DestaqueSociedade

Braga. Bairro de Santa Tecla vai ter anfiteatro em projeto de recuperação total de 4ME

A Câmara de Braga vai investir aproximadamente quatro milhões de euros na requalificação do bairro social de Santa Tecla, com o objetivo de “humanizar” aquele complexo habitacional e “melhorar de forma substancial” a qualidade de vida dos residentes.

Apresentado esta tarde, o projeto para o Bairro de Santa Tecla, um dos cinco que integram o Parque Habitacional gerido pela empresa municipal BragaHabit, inclui a reabilitação total dos apartamentos e impermeabilização de telhados e fachadas dos blocos, num total de cinco edifícios, a criação de espaços públicos “mais condignos e estruturantes” e a qualificação de pequenos equipamentos coletivos como o polidesportivo, um “importante local” de convívio dos residentes e de contacto entre estes e outros habitantes da cidade.

O Bairro de Santa Tecla foi edificado em 1979, possui 182 fogos habitacionais, divididos por oito edifícios, onde residem 161 agregados familiares, num total de 498 pessoas.

“É um plano absolutamente estratégico para o futuro do concelho, resultando numa intervenção profunda que irá humanizar o bairro, dotando-o de todos os equipamentos necessários para melhorar as condições de vida da população”, salientou o presidente da autarquia, Ricardo Rio.

A intervenção, financiada pelos programas comunitários do Norte 2020, contempla a construção de um novo edifício que irá “potenciar o desenvolvimento de atividades recreativas, culturais e de formação e servirá de apoio à associação de moradores”, junto do qual ficará situado um anfiteatro ao ar livre com o intuito de “promover a diversidade intercultural”.

Os acessos ao bairro serão também intervencionados, por forma a “eliminar atuais barreiras existentes ao nível da integração entre os transeuntes e os habitantes do bairro”, pelo que se irá criar uma praça central acessível apenas a peões, deslocando as áreas de estacionamento para as traseiras dos blocos habitacionais.

Na área poente do bairro será criado outro espaço de convívio, “mais direcionado para as áreas culturais e desportivas” e o polidesportivo será requalificado para fruição dos moradores.

As obras têm duração prevista de 18 meses e vai obrigar ao realojamento temporário de algumas famílias.

A intervenção em Santa Tecla constitui uma primeira fase do processo de reabilitação dos bairros sociais do concelho de Braga, estando prevista para breve a apresentação do projeto de requalificação do Bairro das Enguardas, num investimento de cerca de 1,5 milhões de euros.

comentários